20170805 DjalmaCorreaPacheco EncerramentoFeiraLivro abre
Fotos: Djalma Corrêa Pacheco
Uma rápida solenidade no final da tarde do último sábado (5) marcou o encerramento da 20ª Feira do Livro de Esteio, realizada na Avenida do Carnaval, no Bairro Santo Inácio, desde o dia 29 de julho.

Antes de sua fala, o prefeito Leonardo Pascoal fez questão de chamar ao palco representantes de cada segmento que organizaram e trabalharam durante o evento. Ao lado do patrono Luiz Coronel, servidores das secretarias municipais de Cultura, Esporte e Lazer (SMCEL) e de Obras e Serviços Urbanos (SMOSU), livreiros, artistas que se apresentaram durante os nove dias de Feira, artesãos e outros grupos que participaram do evento receberam o agradecimento do prefeito. “Vocês fazem parte desta grande construção aqui. Todos os que estão no palco conosco tornaram tudo isso possível. Foram muitos dias de intensa programação, da manhã até o fim da noite. Foram vocês que fizeram da 20ª Feira do Livro esse grande sucesso e com vocês vamos fazer uma feira ainda melhor no ano que vem”, afirmou. “Mais de 12 mil pessoas passaram aqui, entre elas um batalhão de alunos das escolas de nossa cidade, o que muito nos orgulha e nos dá a certeza de um futuro melhor, com as crianças mais voltadas à arte, à cultura e à literatura, que é tão importante para que a gente possa viver numa cidade melhor.”, lembrou.

Quem também destacou o trabalho de todos foi Luiz Coronel. O patrono enalteceu o evento, agradeceu ao convite para ser o principal homenageado da Feira em seu jubileu de porcelana e lembrou que os livros têm uma importância muito grande para a humanidade. “Com os livros, abrimos nossas mentes para as mentes mais brilhantes do mundo. Recebemos do livro a grande luz de nossa vida Abençoado sejam os livos, os que se dedicam ao livro, os que promovem o livro, o conhecimento e a grandeza do coração humano”, afirmou Luiz Coronel.

No último dia da Feira, muitas pessoas passaram pelas tendas montadas no canteiro central da Avenida do Carnaval e no Centro Cultural do Sesi, um caminhão transformado em biblioteca, com mais de 3 mil títulos. No final da tarde, o prefeito Leonardo Pascoal, o titular da SMCEL, Rafael Figliero, e a bibliotecária Mara Franke passaram em todos os estandes, conversando com os expositores. Apresentações artísticas e sarau poético com artistas locais também fizeram parte da programação do último dia da Feira, organizada pela SMCEL, com patrocínio do Sesi e apoio do Sesc, Corsan e Real Rodovias.

 

Texto: Djalma Corrêa Pacheco

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1