20171117 LucianaAbdur SeminarioSaudePopulacaoNegra abre
Fotos: Luciana Abdur
A saúde do corpo e da alma do negro foi o tema do 3° Seminário Municipal de Saúde da População Negra, que ocorreu na tarde desta sexta-feira (17) na Câmara Municipal de Vereadores de Esteio. A atividade faz parte da programação da Semana da Consciência Negra, promovida em Esteio pela Secretaria Municipal de Cidadania e Desenvolvimento Social (SMCDS), grupo Unir Raças e Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Étnico-Racial de Esteio (Compier).

O evento iniciou com as palavras do secretário da Saúde, Gerson Cutruneo, que valorizou a importância do seminário. “O tema desta apresentação valoriza a questão da população negra e deveria estar presente em todos os dias de nossas vidas”, disse. “Este assunto deve servir de reflexão para que toda nossa população tenha a condição e o entendimento de que não existem mais diferenças raciais de cor, de raça ou de gênero. Cada um de nós tem que ser acolhido a partir de nossas necessidades, e não a partir das dificuldades”, destacou.

Uma das organizadoras do evento, a enfermeira Evelise Birck Rodrigues contou que a ideia do terceiro é promover um resgate da valorização da cultura afro-brasileira e tirar o estigma de que o povo negro foi um povo escravo. “A ideia é poder trazer todos os resgates, seja da gastronomia, religião ou trabalho, para que todo negro se sinta orgulhoso e valorizado das suas raízes africanas, e não só de uma raiz de outra origem que ele possa vir a ter também”, finalizou.

As palestrantes Fernanda Francisca, psicóloga e membro do núcleo de Relações Raciais do Conselho Regional de Psicologia do Rio Grande do Sul, e Elaine Oliveira, enfermeira e coordenadora da política de saúde da População Negra de Porto Alegre, deram continuidade ao seminário falando a respeito do tema “A População Negra como guardiã histórica do conhecimento de cura através das plantas”.

A tarde seguiu ainda com palestra do presidente do Conselho do Povo de Terreiro do Rio Grande do Sul e coordenador do Renafro Saúde RS, Baba Dina de Yemonjá, com o tema “As religiões de matriz africana como espaço de saúde mental”.

A Semana da Consciência Negra vai até segunda-feira (20). O encerramento oficial será às 19h na Casa de Cultura Hip Hop de Esteio (Rua José Guimarães, 203), junto com a abertura da 7ª Semana da Cultura Hip Hop. No sábado (18), a Rua Coberta recebe o Turbantaço, a partir das 9h. Domingo (19), será a vez de roda de samba e de capoeira na Avenida do Carnaval, a partir das 16h. Está prevista, ainda, na terça-feira (21), às 19h, uma sessão solene na Câmara de Vereadores.



Semana da Consciência Negra - Programação
Sábado (18), 9h
Turbantaço
Local: Rua Coberta (Rua Garibaldi - Centro)

Domingo (19), 16h
Roda de Samba e Roda de Capoeira
Local: Avenida do Carnaval (Avenida Governador Ernesto Dornelles - Santo Inácio)

Segunda (20), 19h
Atividade Cultural: Conectando Culturas, Fortalecendo Resistências (Encerramento da Semana da Consciência Negra e Abertura da Semana do Hip Hop
Local: Casa da Cultura Hip Hop de Esteio (Rua José Guimarães, 203 - Centro)

Terça-feira (21), 19h
Sessão Solene da Semana da Consciência Negra
Local: Câmara de Vereadores (Rua 24 Agosto, 535 - Bairro Centro)

 

Texto: Luciana Abdur

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1