20180111 AdrianoRosadaRocha LancamentoCampanhaCartazesForagidos abre
Fotos: Adriano Rosa da Rocha
Foi iniciada na manhã desta quinta-feira (11), a campanha de divulgação dos procurados e foragidos do município de Esteio, na Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (SMSMU). O projeto tem como objetivo divulgar cartazes com fotografias contendo os nomes de condenados procurados e foragidos. Cada imagem tem a descrição completa da pessoa retratada para facilitar a identificação. A denúncia pode ser feita através da procura pela autoridade policial mais próxima ou utilizando o Disque Denúncia (190, 181), preservando o anonimato do cidadão.

 

Os cartazes serão colocados em mais de 20 órgãos públicos do Município, em locais de grande circulação de pessoas, em secretarias municipais, na Prefeitura e na Câmara de Vereadores. “Segurança pública é um dever do Estado, mas é uma responsabilidade de todos, e é por isso que cada cidadão, ao identificar qualquer um desses elementos na nossa cidade, deve ter a obrigação de comunicar imediatamente aos órgãos de segurança para que tomem as devidas providências”, ressaltou o prefeito Leonardo Pascoal. “O projeto levou um certo tempo para ser posto em prática, pois nós temos uma responsabilidade muito grande ao colocar esse cartaz na rua. Nele temos nomes de pessoas que serão expostas e nós, enquanto membros da administração pública, temos o dever de manter essas informações atualizadas”, disse Pascoal.

 

“Essa é mais uma iniciativa no sentido de tornarmos Esteio um ambiente inóspito para a criminalidade e a marginalidade. No ano de 2017, o Município teve uma redução em todos os tipos de crimes, isso se deve a essa integração entre SMSMU, Guarda Municipal, Brigada Militar, Polícia Civil e a sociedade. Só dessa forma com ações efetivas e resultados concretos encaramos um problema tão grande e preocupante para a vida de todos”, comentou o prefeito. “Tenho certeza que a partir do dia de hoje essa ação vai nos ajudar a reduzir ainda mais esses indicadores e colocar na cadeia aqueles que merecem estar lá”, concluiu.

 

O secretário da SMSMU, Roberto Damasceno, parabenizou a campanha. “O projeto é inovador e nos traz a possibilidade de divulgar à nossa comunidade todos que estão na condição de condenados e foragidos do sistema regional, de modo que as pessoas poderão não só fazer a denúncia, mas também participar do processo de segurança pública”, disse.

 

O vereador Sandro Severo, atual presidente do Legislativo esteiense e autor do projeto, agradeceu a compreensão e entendimento da Administração Municipal na aplicação da campanha. “Sabemos as dificuldades que a Brigada Militar e a Polícia Civil enfrentam e também toda dedicação que eles têm. Esse projeto vai gerar a participação da sociedade ao indicar, através da denúncia, a localização desses procurados. Hoje são 24 foragidos na cidade”, ressaltou.

 

O diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), Fábio Motta Lopes, felicitou a comunidade de Esteio pela aprovação da campanha. “Esta importante ferramenta vai ajudar muito no trabalho policial, não só na realização de prisões desses indivíduos que estão foragidos no sistema prisional, ou que são os mais procurados por terem sido condenados por crimes graves praticados aqui em Esteio, mas certamente na identificação de novos autores”, falou.

 

A garantia de total anonimato ao receber as denúncias fez parte da fala do comandante do 34º BPM, Major Rogério Pereira Martins. “Não precisamos saber quem está ligando, nós precisamos saber o que está acontecendo, quem são os envolvidos e onde está o crime. Essa é mais uma ferramenta que está sendo colocada hoje à disposição da sociedade. Cerca de 70% dos crimes atualmente acontecem por indivíduos que já estão no sistema penal. Se nós conseguirmos atingir uma meta de buscar a maioria desses foragidos, vamos reduzir os indicadores criminais”, encerrou Martins.

 

Participaram do ato, ainda, os secretários interinos de Cidadania, Trabalho e Empreendedorismo, Cristiano Coutinho, de Cultura, Esporte e Lazer, Gabriela Raupp, de Saúde, Claudia Adriane de Jesus, os vereadores Felipe Costella, Fernanda Fernandes e Rute Viegas, o presidente do Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro), Longuinho Muzykant, o presidente da CDL, Celso Dalmás, e o delegado de Polícia de Esteio, André Sperotto.

 

Texto: Luciana Abdur

 

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1