20181119 LucianaAbdur SoletraEsteio abre
Fotos: Jean Monteiro e Luciana Abdur
“Diligência”. Através da soletração desta palavra, a jovem de 13 anos Caroline Jamaitis Noronha, garantiu o primeiro lugar na categoria Anos Finais no concurso “Soletra Esteio” cuja final foi realizada na manhã desta segunda-feira (19) na Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya. Representando o 9° ano do Centro Municipal de Educação Básica (CMEB) Eva Karnal, Caroline disse ter valido a pena todo o tempo que dedicou, durante o feriado, ao estudo de uma lista de 400 palavras disponibilizadas pela Secretaria Municipal de Educação (SME), promotora do evento, que foram utilizadas na disputa.

“Pela primeira vez participei de uma prova de soletração. Todos viram meu esforço para chegar até aqui e espero que sirva de exemplo para que nos próximos anos outros alunos do Eva Karnal se interessem em fazer parte desta fase Municipal”, disse Caroline. Além de ganhar um troféu referente ao primeiro lugar, uma medalha e dois certificados, também levou para a biblioteca da sua escola um kit com 20 livros da escritora Léia Cassol.

Na disputa, nove alunos de 6° a 9° ano participaram. Cada um representou o seu CMEB: Camilo Alves, Clodovino Soares, Dulce Moraes, Edwiges Fogaça, Eva Karnal, Flôres da Cunha, Maria Marques, Oswaldo Aranha e Santo Inácio. Os representantes foram definidos no decorrer do ano, quando as instituições realizaram eliminatórias internas, primeiro dentro das turmas, seguida pela final da escola.

“Ossianismo”, “miscigenação”, “homogênea”, “superfície” e “insociável” foram algumas das palavras soletradas durante as onze rodadas da manhã. O concorrente recebia uma palavra e deveria repeti-la, provando a compreensão do termo que iria soletrar. Ao final, repetia novamente a palavra e era informado do acerto ou do erro pelo júri, representado pelo secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Rafael Figliero, e pela assessora escolar da SME, Valéria Denise Nunes. Soletrando corretamente, o aluno passava a uma nova rodada. Como apoio, era possível que o estudante solicitasse à banca o significado da palavra e a aplicação da mesma em uma frase. Todos os alunos receberam certificados e medalhas de participação.

No início da tarde, os pequenos dos anos iniciais (1°, 2 ° e 3° ano), disputaram o título de melhor soletrador. Apesar da pouca idade, cinco alunos dos CMEBs esteienses precisaram de 10 rodadas até chegar aos finalistas Luis Henrique Santos, aluno do 3° ano do Camilo Alves, e Melissa Flores, aluna do Dulce de Moraes. Para decidir de vez, foram utilizadas palavras fora da lista de 400 disponíveis. Com o acerto da palavra “armário”, Luís garantiu a tranquilidade e viu a parceira de disputa errar a palavra “auxílio”, se tornando o grande vencedor na categoria.

Veraci Vargas, 57 anos, sendo 39 anos como professora do Município, ficou contente com o resultado positivo do aluno. “Ele é muito tímido, não queria vir para a final, mas convenci ele. No fim, saiu vencedor e motivo de orgulho para escola e para mim. É uma alegria ver o nosso trabalho ser reconhecido”, disse.

Com uma pequena pausa, às 15h foi a vez dos alunos do 4° e 5° ano entrarem buscarem o título. “Solilóquio” foi o vocábulo que definiu a vitória para a aluna do CMEB Flôres da Cunha Paola da Silva. Após a celebração da conquista, a menina não esqueceu de parabenizar os outros participantes. “Todos vocês são vencedores. Se chegaram até aqui é por mérito. Não desistam, ano que vem podemos voltar”, afirmou a aluna do 5° ano.

O Soletra Esteio visa estimular os alunos a conhecer a estrutura das palavras da Língua Portuguesa, sua origem e importância em nossa sociedade, como forma de incentivar a busca por uma escrita de qualidade. A data da final da quarta categoria, formada pela Educação de Jovens e Adultos (EJA) e pelo Programa de Ação Integrada (PAI) o turno da noite, ainda será definida pela SME.


Texto: Jean Monteiro e Luciana Abdur

 

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1

gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2
gallery2 gallery2 gallery2