20181208 DjalmaCorreaPacheco DiaDescarteConscienteCentro abre
Fotos: Djalma Corrêa Pacheco
Aparelhos de TVs e de DVDs, monitores, micro-ondas, aquecedores, celulares, impressoras, computadores, teclados e até um notebook, entre outros produtos. A calçada em frente à Escola Coração de Maria, na Avenida Padre Claret, no Centro, ficou cheia de equipamentos eletroeletrônicos sem uso no último sábado (8) durante mais uma edição do Dia do Descarte Consciente, a quinta realizada em 2018.

O material recolhido, cerca de 1,1 tonelada, foi encaminhado para a Cooperativa de Trabalho de Recicladores de Esteio (Cootre), que fará a desmontagem dos aparelhos e venderá os componentes, gerando renda para seus associados. Além dos eletreletrônicos, a ação arrecadou pilhas e baterias velhas, óleo de cozinha usado e lâmpadas queimadas, que serão destinadas para empresas que fazem o descarte adequado destes materiais.

Para a aposentada Araci Dias da Silva, 68 anos, a ação próxima a sua casa foi uma alternativa de dar um destino correto para pilhas, um celular e um carreador de pilhas que tinha em sua casa e não sabia onde colocar. “Ouvi o caminhão anunciando que teria essa ação hoje aqui e separei esses produtos em casa, pois não sabia onde poderia jogar eles fora. O nosso planeta já está sendo muito mal tratado e a gente tem que ajudar o meio ambiente”, afirmou.

Nas quatro edições realizadas anteriormente (Santo Inácio, em março; Centro, em julho; Novo Esteio, em agosto; e Tamandaré, em outubro) já haviam sido arrecadados cerca de 4,9 toneladas de materiais.

O Dia do Descarte Consciente é realizado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA) com apoio da Cootre e do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam).

Quem tiver eletroeletrônicos sem uso pode entregar os produtos diretamente na Cootre (Avenida Luiz Pasteur, 7175 - Três Marias) ou diretamente no caminhão da Coleta Seletiva que passa em todos os bairros.

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1