20181221 JeanMonteiro ApresentacaoCoroEOrquestra Abre
Fotos: Jean Monteiro
A Igreja Luterana Bom Pastor, no Centro de Esteio, recebeu a última atividade da programação artística e cultural da Fantástica Fábrica de Sorrisos 2018, organizada pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (SMCEL). Na última sexta-feira (21), a Orquestra Municipal de Esteio e o Coral Municipal levaram até o público, clássicos da temática natalina.

A orquestra, regida pelo maestro Ismael Almeida, interpretou também “A Thousand Years”, música tema da saga de filmes Crepúsculo, “My Girl”, do quinteto vocal “The Temptations” e trilha do filme “Meu Primeiro Amor” e “Traditions of Christmas”. Também estavam no repertório “Playfull Pizzicato” e o tema do filme “O Expresso Polar”.

O maestro Renato Donini foi o responsável por comandar a sintonia entre os acordes dos instrumentos da Orquestra e as vozes do Coral Municipal. “Já vem Perto o Natal”, “Jesus Alegria”, o “Canto dos Sinos” e “Glória” foram entoados pelos participantes do grupo. Para encerrar, todo o público presente foi convidado a cantar “Noite Feliz”.

Desde o dia 30 de novembro, eventos culturais celebraram a chegada das festas de fim de ano. A abertura contou com a apresentação da Orquestra Municipal, também na igreja Bom Pastor, e com a passagem da Caravana de Natal Coca-Cola. No dia 5 de dezembro, a Capela Ecumênica do Seminário Claretiano recebeu o Seminário em Canto. No mesmo local, no dia 12, o Espetáculo de Natal encenado pelo grupo teatral Luz e Cena levou o espírito natalino para o público esteiense. No dia 14, foi a vez dos tradicionalistas celebrarem o nascimento de Jesus com a Cavalgada Luminosa pela cidade, seguida do Natal de Galpão.


Já a Fantástica Fábrica de Sorrisos foi um sucesso em sua segunda edição. Durante toda a campanha, 1.452 brinquedos foram arrecadados na ação da Secretaria Municipal de Cidadania, Trabalho e Empreendedorismo (SMCTE). Além de receber as peças, voluntários o programa Conta Comigo da SMCTE reuniram-se em oficinas de montagem e restauração de brinquedos.


Texto: Jean Monteiro

 

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1